Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

A importância dos eventos

Especialistas da temática consideram que “os eventos funcionam como instrumentos de promoção da imagem da localidade ou região como destino turístico a ser consumido”.

0 3.130
António Martinho

Natural de Santa Eugénia. Professor aposentado

+ artigos

Em notas anteriores sobre a temática do turismo abordámos questões relacionadas com “serviços e atrações”. Detivemo-nos nos produtos definidos como mais relevantes para a nossa região enquanto destino turístico. Da análise de cada um poder-se-ão retirar ilações para o nível local.

Releva-se a importância da estruturação da oferta. Aí, a tarefa mais importante passa, mesmo, pela sua melhoria e qualificação. Quer na componente de estruturas, do alojamento à restauração, passando pela rede viária, mas também no que respeita à criação/organização de eventos de grande impacto ou de simples ocupação do turista que vem ao Destino. Merece sempre especial referência uma boa comunicação, na velha aceção de que “o que não se comunica é uma não existência”.

Atenhamo-nos à problemática dos eventos, num momento em que em Alijó e no Douro se organizam dois eventos de grande notoriedade, cada um com as suas próprias caraterísticas. Ambos relevantes. Referir-nos-emos a eles antes mesmo de se realizarem. A avaliação poderá ser feita depois.

Especialistas da temática consideram que “os eventos funcionam como instrumentos de promoção da imagem da localidade ou região como destino turístico a ser consumido”. Quando bem planeados e divulgados, os eventos criam uma imagem positiva e promovem o destino. Dinamiza-se a atividade económica, gera-se riqueza. A economia mexe, costuma dizer-se. Promove-se desenvolvimento. Há uma chamada de atenção, na literatura relativa a esta problemática, que surge como uma constante – a importância dada à colaboração entre entidades públicas e privadas.

Nesta semana, realizam-se dois eventos de clara relevância para o Douro e para o Município de Alijó.

Na sua 9.ª edição, a Bienal Internacional de Gravura do Douro inicia-se dia 10 de agosto e estende-se até 31 de outubro. Terá exposições em localidades dos concelhos de Alijó, Bragança, Chaves, Sabrosa, Peso da Régua, Vila Real e Vila Nova de Foz Côa, com 1.400 gravuras, de 700 artistas provenientes de 70 países, que se dispersam por 14 exposições com “inúmeras obras representativas da gravura tradicional”, mas também “muitos exemplos das renovadas tendências da gravura digital e dos novos media ao seu dispor”. Este ano, homenageia-se José de Guimarães, nascido em 1939, e que é considerado um dos “principais artistas plásticos portugueses de arte contemporânea”. Estamos, pois, perante um grande evento cultural, a chamar a atenção para Trás-os-Montes e Alto Douro, no seu todo, dinamizado a partir de Alijó.

Por outro lado, a Gala de Pré-Finalistas das 7 Maravilhas à Mesa do próximo dia 12, que vai ter lugar em Alijó, mostra-se como outro evento que traz ao concelho delegados a diversos títulos de outras seis candidaturas, com toda a envolvente que uma realização da emissão televisiva que lhe está associada implica. Alguém me dizia: «estamos a ocupar camas a 40 km daqui”. Um evento que valoriza a gastronomia da nossa terra, num Douro em que a Gastronomia e Vinhos se apresenta como um dos produtos turísticos mais importante, deve ser relevado.

Estamos, num caso e noutro, a falar de eventos culturais. Ora, quero crer, eventos desta natureza, mais facilmente podem criar impactos positivos na região em que se realizam. Porque é necessário um cuidado especial para que os eventos não despoletem impactos mais negativos que positivos. Porque essas situações também existem.

Facilmente se reconhece que os eventos acrescentam valor à oferta turística. Exigindo uma atenção a várias dimensões, devem envolver agentes do poder público, poder privado, visitantes e comunidade. Decerto que estas exigências foram tidas em conta. Para o maior sucesso dos mesmos e para a melhor afirmação do concelho e da região.

Comentários
Loading...