Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

Adega Cooperativa de Alijó: Uma boa perspectiva para um futuro mais saudável

A actual direcção reduziu o passivo, está a cumprir com a Banca, regularizou a situação tributaria e à segurança social, bem como garantiu o pagamento total aos viticultores da campanha de 2017.

0 1.007
Jorge Carvalho

Candidato autárquico pelo Bloco de Esquerda no concelho de Alijó

+ artigos

Aprovado (apenas com uma abstenção) o relatório de contas de 2017 da Adega Cooperativa de Alijó. Uma boa perspectiva para um futuro mais saudável sustentado numa recuperação séria e honesta, criando confiança de forma a manter os associados e atrair novamente os sócios que deixaram de meter as uvas nesta adega.

A actual direcção reduziu o passivo, está a cumprir com a Banca, regularizou a situação tributaria e à segurança social, bem como garantiu o pagamento total aos viticultores da campanha de 2017.

Foi também apresentando com regozijo o primeiro saldo positivo, admitindo no entanto, quando confrontados por um sócio, não poderem pagar os 2 milhões de euros que ficaram por pagar aos agricultores referentes às colheitas anteriores a 2011, através de um argumento um tanto ou quanto discutível.

Esta cooperativa, que é também um motor económico municipal, demonstra ter voltado aos trilhos do bom caminho financeiro merecerendo a confiança dos seus associados, embora muitos deles ainda desconfiados pelas mazelas das gestões danosas do passado recente.

Mas, sem dúvida, é de enaltecer o trabalho hercúleo desta Direcção que respeita os agricultores através da transparência e dar-lhe um voto de confiança, sem deixar de exigir o que é exigível (profissionalismo) e sem necessidade dos viticultores se vergarem ao silêncio e medo do passado (por necessitarem do pão para a boca), reconhecendo, obviamente, sem ingenuidade que ninguém anda nisto (cargos) por andar, ou por exclusivo altruísmo, por mais que gostem do concelho de Alijó. O vinho é a nossa indústria, portanto, o maior sustento dos nossos lares.

Comentários
Loading...