Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

Alcançado acordo para comboio regressar à linha do Tua

Segundo noticia a Agência Lusa, o acordo vai ser formalizado até ao final do mês e resultou de uma reunião que Fernando Barros teve na Secretaria de Estado das Infraestruturas. Segundo o responsável actual pela ADRVT, o Plano de Mobilidade Turística e Quotidiana vai ser mesmo implantado dentro de um curto espaço de tempo.

0 931

Já existe acordo para comboio voltar à linha do Tua. Quem o afirma é o presidente da Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua (ADRVT), Fernando Barros, que anunciou que foi alcançado o acordo que acaba com o impasse do regresso do comboio à desactivada ferrovia.

Segundo noticia a Agência Lusa, o acordo vai ser formalizado até ao final do mês e resultou de uma reunião que Fernando Barros teve na Secretaria de Estado das Infraestruturas. Segundo o responsável actual pela ADRVT, o Plano de Mobilidade Turística e Quotidiana vai ser mesmo implantado dentro de um curto espaço de tempo.

A ADRVT vai ser a concessionária e gestora do plano e o Governo assegurará o financiamento da manutenção da Infraestrutura física da linha, através da empresa Infraestruturas de Portugal (IP), que é a verdadeira proprietária deste equipamento e assumirá no futuro as responsabilidades técnicas pela funcionalidade da mesma.

Não foram revelados os valores que vão ser disponibilizados do erário público. Segundo a Lusa, “Fernando Barros escusou-se a adiantar os valores que o Estado irá disponibilizar para a manutenção, remetendo pormenores para a data da formalização do acordo, que aponta para o ‘final do mês de Março’”.

Agora só falta concluir os testes de segurança em curso ao novo material circulante que o empresário Mário Ferreira, que irá explorar em comboios turísticos os cerca de 30 quilómetros que restaram da linha do Tua, entre Mirandela e a Brunheda.

O complemento ao comboio será feito com passeios de barco na nova albufeira da barragem. A Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Tua assegura cada vez mais as responsabilidades inerentes à concretização plano de mobilidade, e por todos os projectos de desenvolvimento implementados no território afectado pela construção da barragem, estando nesta entidade representadas a EDP e os cinco municípios da área da albufeira, nomeadamente Vila Flor, Mirandela, Carrazeda de Ansiães, Alijó e Murça.

Comentários
Loading...