Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

As horas do Edmundo (3)

Ela, a Estefânia, podre, fugiu como fogem as almas do outro mundo e foi assentar-se na cozinha a bufar no lume que a essa hora já ia pelas horas da cinza

0 1.239
Jorge Laiginhas

Natural de Safres. Historiador e escritor

+ artigos

Sexta-feira, 4 de janeiro do ano da graça de Deus de 1918
A Estefânia passou-se deste mundo pró outro e passou-se mui bem passada porque eu abri-lhe os olhos e vi-os, aos olhos da Estefânia, iguaizinhos aos olhos dum chicharro na salmoira em tempo de vindima. Dou jura do que vi.
De igual modo e maneira dou jura de que esta noute a Estefânia veio visitar-me no quarto de dormir querendo, como muito quis, oferendar-me a sua coisa morta!

– T’arrenegou, podridão dos infernos! – Alevantei-me.

Ela, a Estefânia, podre, fugiu como fogem as almas do outro mundo e foi assentar-se na cozinha a bufar no lume que a essa hora já ia pelas horas da cinza.

Eu, ancho como um cristão deve ser em tais consumições de pecado, vendo-a, à finada Estefânia, endemoninhada, a bufar nas brasas do lume, fui-me ao quarto de dormir buscar o penico de esmalte e apaguei-lhe as ventas com o mijo que nessa noute eu mijara.

Sábado, 5 de janeiro do ano da graça de Deus de 1918
O senhor padre veio cá a casa sem campainha na dianteira e, com olhos de mafarrico, condenou-me às labaredas do inferno:

– Senhor mestre alfaiate, por ser eu sabedor qu’a gripe o havia botado prá enxerga dei mando à minha afilhada para que lhe amanhasse um caldo de pita velha e pernoitasse em sua casa para lhe baixar as febres com esfriamentos e vossemecê vai de penicar as ventas da rapariga com quase um almude de mijo!

Domingo de Reis
Alevantei-me mas as febres inda me choram nos olhos. A minha santa mãe veio buscar as crianças para que apanhem a missa dos Santos Reis Magos e assim possam receber os presentes com que a avó os há de presentear.

O sargento Antunes veio a saber novidades da minha gripe e relinchou-me nas orelhas novidades frescas da tremenda conflagração que anda semeada nas europas e outros mundos.

– É uma mortandade tamanha que terras há nas europas em que o enterramento dos mortos é feito ao rego como quem semeia batatas!

Segunda-feira, 7 de janeiro do ano da graça de Deus de 1918
O senhor camarista presidente deu mando para qu’eu lhe fosse industriar um fato novo com lapela de cetim pois em breve quer ir a Lisboa dar vivas ao senhor Sidónio Pais que por lá reina.

Ca febre inda a azougar-me o juízo lá fui eu à camara municipal tirar as medidas ao camarista presidente.

– Que o senhor presidente muito tem alargado por todas as bandas – media-lhe eu o diâmetro do bojo.

-São as consumições da governança que me atrasam as digestões, senhor mestre alfaiate.

Continua 

Comentários
Loading...