Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

Enxurrada de lama e pedras inunda a vila do Pinhão

Já em 2014, “a queda de chuva forte, ao final da tarde de uma quinta-feira, provocou derrocadas em estradas e inundações em algumas habitações do Pinhão, contabilizando-se prejuízos avultados, informou hoje a Proteção Civil Municipal."

0 769

Não é primeira vez. É uma situação que se repete sempre que a chuva intensa e a queda de granizo se abatem sobre uma das vilas mais turísticas da região duriense. Há um problema com as drenagens pluviais, urge é resolver este problema para que a situação não esteja sempre a repetir-se.

Já em 2014, “a queda de chuva forte, ao final da tarde de uma quinta-feira, provocou derrocadas em estradas e inundações em algumas habitações do Pinhão, contabilizando-se prejuízos avultados, informou hoje a Proteção Civil Municipal.”

Numa segunda-feira de 2018, ao final da tarde, a situação volta repetir-se, e desta vez com uma maior dimensão.

O presidente da Câmara de Alijó, José Paredes, disse à agência Lusa que a zona do Pinhão foi afetada por uma queda intensa de chuva, acompanhada de granizo, que “provocou estragos significativos”, quer na vila, nas estradas e, previsivelmente, nestas vinhas do Douro.

O comandante dos bombeiros do Pinhão, Carlos Pereira, especificou que aos bombeiros chegaram vários pedidos de ajuda devido a inundações provocadas pelo mau tempo, nomeadamente na estação ferroviária, numa unidade hoteleira e outros estabelecimentos da vila.

As estradas de acesso do Pinhão a Alijó e Sabrosa foram cortadas devido a derrocadas e deslizamentos de terras.

Em declarações ao Jornal de Notícias, o vice-presidente da Câmara de Alijó diz que foi necessário “retirar alguns turistas que estavam isolados junto às quintas”.

O comandante disse ainda a chuva intensa começou a cair por volta das 17:40 tendo atingido mais severamente as aldeias de Vale de Mendiz, Vilarinho de Cota, Casal de Loivos e a vila do Pinhão.

Comentários
Loading...