Plataforma digital de comunicação multimédia para a promoção e divulgação do concelho de Alijó. Espaço cívico de debate, de informação, de opinião plural e de defesa dos interesses concelhios.

Junta de Freguesia do Pinhão congratula-se com eletrificação da linha de caminho-de-ferro

No decorrer do debate sobre o futuro da linha do Douro, que este sábado decorreu na cidade da Régua, o deputado eleito pelo Partido Socialista em Vila Real, Ascenso Simões, anunciou que a prioridade em matéria de obras públicas no distrito será a construção do IC26 e a eletrificação da Linha do Douro não até à Régua mas até ao Pinhão

0 1.776
Sandra Moutinho

Sandra Moutinho, presidente da Junta de Freguesia do Pinhão, mostrou durante este fim-de-semana o seu agrado após o deputado Ascenso Simões ter anunciado publicamente que a eletrificação da linha do Douro até ao Pinhão vai ser uma prioridade.

No decorrer do debate sobre o futuro da linha do Douro, que este sábado decorreu na cidade da Régua, o deputado eleito pelo Partido Socialista em Vila Real, Ascenso Simões, anunciou que a prioridade em matéria de obras públicas no distrito será a construção do IC26 e a eletrificação da Linha do Douro não até à Régua mas até ao Pinhão.

Sandra Moutinho, em declarações realizadas à margem do debate, não deixou de se mostrar surpreendida com o anúncio: “é uma novidade, sabemos que o projeto que foi contratado e que está em curso não contempla trabalhos para lá da barragem de Bagaúste”.

Estação do Pinhão

A autarca reconhece e sublinha a importância da eletrificação chegar ao Pinhão: “a ligação ferroviária não pode ficar interrompida por causa de uma questão técnica relacionada com a eletrificação, isso criaria uma perturbação de consequências inimagináveis para o turismo mas sobretudo para os utilizadores regulares do comboio”. Ainda assim defendeu a necessidade de um projeto mais abrangente e com maior alcance regional. “Pode ser uma boa noticia para o Pinhão, mas temos que olhar a região como um todo” e acrescentou “hoje no debate ficou bem clarificado que a Linha do Douro precisa de ser reaberta até Espanha e que esse será o impulso definitivo que a região precisa”.

A Junta de Freguesia do Pinhão ficará agora a aguardar que este anúncio tenha consequências práticas e que o investimento venha inscrito no próximo orçamento de estado ou no plano de investimentos para 2030 que o governo tem vindo a preparar.

Comentários
Loading...